top of page
Buscar

ISRC: saiba o que significa a sigla e porque é tão importante no mercado da música

Na indústria, existem diversos termos que designam alguns processos da música. Alguns deles fazem parte tanto de processos simples,quanto dos mais burocráticos. Por exemplo, você já ouviu falar de ISRC? Se não conhece essa sigla e deseja entender mais sobre seu significado, acompanhe a leitura para entender a sua importância e enriquecer seu vocabulário musical.

Para saber sobre esse termo é preciso conhecer o contexto que ele está inserido, e o primeiro passo é entender do que se trata um fonograma. Esse termo é a consolidação de uma obra musical em um suporte material, ou seja, uma gravação de músicas que podem ser inseridas em CDs, DVDs, nas Rádios e etc.

Por esse motivo, podem existir diversos fonogramas de uma mesma obra, pois cada gravação é única e onde ela será adaptada às tornarão diferentes. Para que os artistas e todos os envolvidos nesse trabalho artístico recebam seus direitos autorais, é necessário que esse material seja cadastrado na associação ECAD (entidade responsável pela arrecadação e distribuição dos direitos autorais aos compositores e os titulares), e nesse momento entra a ISRC.

Também conhecida como International Standard Recording Code ou Código de Gravação Padrão Internacional, a ISRC é um modelo internacional para identificar de forma específica uma gravação. Todas elas devem ser identificadas e ser executadas para que, ao final, todos os envolvidos recebam os direitos autorais. Ela é extremamente importante não só para creditar aos que produziram a obra musical, como também disponibilizar sua veiculação nas plataformas de streaming, as inserções nas rádios e demais meios que possam chegar aos ouvintes.



22 visualizações

Comments


bottom of page