top of page
Buscar

5 festivais de música para conhecer

Não dá para negar que quem gosta de música boa tem uma variedade de festivais para aproveitar no Brasil. Desde o tradicional Rock in Rio, lançado em 1985, até o Lollapalooza, palco da cena alternativa nacional e internacional, o que não faltam são opções.


Além deles, há ainda aqueles dedicados à música eletrônica como o Tomorrowland, que nasceu na Bélgica, mas chegou ao nosso país fazendo sucesso com os fãs do gênero, e os focados exclusivamente em artistas brasileiros como o João Rock, o Coala Festival e o Turá.


Esse aumento na oferta de festivais aconteceu principalmente depois do fim da pandemia do coronavírus, época em que o público ficou mais afoito por eventos presenciais e quando o setor de entretenimento, finalmente, conseguiu se reerguer. Quem comenta isso é Francesca Altério, diretora de festivais da T4F (Ticket for Fun) no episódio do nosso podcast FofoCoffe, gravado em junho de 2022.


De acordo com ela, após o período de isolamento social o “ao vivo” passou a ser mais valorizado. “Se tem um aspecto positivo desse cenário é que saímos mais fortes. Mais do que nunca o ao vivo está sendo valorizado, a importância do estar presente [...] Dizem que quem vive o ao vivo é mais feliz”.



festivais de música


Ela ainda comentou sobre o cenário da música nacional atualmente e como o próprio público está se abrindo para isso. Sem falar em como a chegada dos streamings propiciou para que tivéssemos fãs mais ecléticos.


“Acho que o mercado da música ir para o streaming ajudou a criar fãs mais diversos.. Acredito que hoje todo mundo é mais eclético, a gente não escuta um artista só e, sim, playlists variadas no Spotify”.


Por fim, Francesca não se esqueceu da parte prática, e comentou como a alta do dólar também contribuiu para o abrasileiramento dos eventos de música, já que produzir um festival com artistas internacionais tem ficado cada vez mais caro. 


E foi pensando justamente no assunto que a diretora comentou como o Turá,  produzido pelo T4F, surgiu. De acordo com ela, a empresa sempre teve vontade de fazer algo voltado para a música nacional, e o projeto veio como uma forma de misturar (daí a inspiração para o nome) artistas brasileiros de vários gêneros. Pelo palco do evento já passaram nomes como Maria Rita, Sandra de Sá e Bloco Pagu. 


Além dele, no entanto, existem outros vários eventos que merecem a sua atenção. Quer saber quais? Então, confira abaixo cinco festivais de música para conhecer e curtir.


1 - Breve Festival



festivais de música Breve


Ambientado em Belo Horizonte, o festival Breve reúne grandes nomes da música nacional e internacional. Nos últimos anos subiram ao palco nomes como Joss Stone, Ludmilla, João Gomes, Alcione, Péricles, Liniker, Black Alien, entre outros.


A primeira edição aconteceu em 2017, e com o passar do tempo o evento se aperfeiçoou, passando a acontecer apenas em um final de semana, e tendo duração de 15 horas (das 14h às 5h). De acordo com os idealizadores, o evento se centra em quatro pilares; a multiplicidade (de estilos, vivências, etc.), a música, a arte, e breves encontros.


Quem quiser conhecer o festival que acontece na capital mineira, pode ficar de olho na página oficial do evento. No geral, ele acontece no primeiro semestre do ano.


2 - Planeta Brasil



festivais de música planeta brasil


Por falar em festivais que acontecem em Belo Horizonte, outro que vale a pena conhecer é o Planeta Brasil. Ele também reúne nomes da música internacional e nacional dos gêneros rap, hip-hop, rock, MPB e eletrônica. Pelos palcos, já passaram artistas como 50 Cent, Djonga, Duda Beat, Planet Hemp, entre outros.


Vale falar que depois de um hiato forçado de dois anos por causa da pandemia do coronavírus, o festival voltou com força total trazendo mais de 90 atrações. O diferencial do Planeta Brasil é justamente o empenho em se tornar o maior evento de música fora do eixo Rio/São Paulo, e não dá para negar que ele tem ganhado cada vez mais notoriedade. Quem quiser conhecê-lo, pode escolher entre a pista comum, pista premium e camarote.


3 - Universo Paralello



festivais de música universo paralello


Quem já assistiu ao filme Paraísos Artificiais, protagonizado por Nathalia Dill certamente se lembra de um icônico festival de música no qual o longa é ambientado. A festa do longa foi inspirada em Universo Paralello, evento de música eletrônica e cultura alternativa mais icônico do Brasil, que acontece a cada dois anos na praia de Pratigi, na Bahia.


Ao todo são oito dias de muita música trance para o público curtir. E, para aproveitar, há uma estrutura de camping, praça de alimentação e outras comodidades. Vale lembrar que para chegar até o local não é muito simples, mas existe a possibilidade de ir de avião,  transfers interestaduais, transfers de Ilhéus ou Salvador, e ainda opção de estacionamento para carro e motorhome.


4 - MITA


festivais de música mita festival


Nascido com o intuito de ser um festival pensado na experiência do público, o MITA surgiu para ser mais uma opção de entretenimento em meio aos vários circuitos musicais já existentes. O diferencial dele, no entanto, é ser considerado um evento de porte médio, voltado para um público de 15 mil a 30 mil pessoas.


De acordo com Caio Jacob, um dos fundadores, a intenção não é fazer o evento crescer e, sim, pensar, cada vez mais, em soluções para entregar uma boa experiência para os participantes.


E é justamente pensando nisso que a atração começa e termina cedo — o último show inicia às 22 horas  — para que o público tenha a oportunidade de aproveitar o evento com tranquilidade e voltar para casa em um horário, teoricamente, mais seguro.


Vale lembrar que o MITA (Music Is The Answer) surgiu em 2022, em um cenário pós pandemia do coronavírus e talvez esse tenha sido um dos incentivos que fez os criadores pensarem em algo menor.


Falando um pouco sobre as atrações, já subiram no palco do MITA nomes de peso como Gorillaz, Two Door Cinema Club, Letrux, Liniker, Jorge Ben Jor e até mesmo Lana Del Rey.


Lembrando que o festival já teve edições nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro.


5 - Primavera Sound



festivais de música primavera sound


Outro festival que chegou ao Brasil em 2022 é o Primavera Sound. Acontece que diferente do MITA ele nasceu em Barcelona em 2001 e só foi aterrissar em São Paulo no ano passado.


Focado em música alternativa, o evento trouxe para o público artistas como Marisa Monte, The Cure, The Killers, Arctic Monkeys, Björk, entre outros. Além dos nomes famosos do cenário musical, no entanto, o Primavera Sound também abre espaço para artistas pouco conhecidos do público.


Além de Barcelona e de São Paulo, o evento também já aconteceu em Portugal, na cidade do Porto. Na época, Caetano Veloso foi uma das atrações.





Posts recentes

Ver tudo
bottom of page